Covid-19

31 outubro 2021, 15h03

COVID-19

[EM ATUALIZAÇÃO]

Números de outubro: acompanhe aqui a divulgação diária do boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) em Portugal.

31 DE OUTUBRO

 Boletim

PORTUGAL: RTP [14h58] Mais 763 casos e um óbito nas últimas 24 horas. "Portugal reportou, desde ontem, 763 novos casos de infeção e uma vítima mortal devido à COVID-19. Segundo o boletim epidemiológico deste domingo, há mais 324 recuperados da infeção do SARS-CoV-2.

Há a registar também mais 438 casos ativos desde ontem e mais 133 contactos em vigilância.

Lisboa e Vale do Tejo volta a reportar o maior número de casos diários: mais 300 infeções. Na região Norte há 153 novos casos, no Centro 169, no Algarve 66 e no Alentejo 66.

Contrariamente ao dia de ontem, os internamentos voltaram a subir. Estão internados 335 doente com COVID-19 (mais 17 do que no sábado). Contudo, nos Cuidados Intensivos já diminuiu para 59 doentes (menos cinco do que ontem).

Desde o início da pandemia, Portugal já contabilizou um total de 1 090 651 casos de COVID-19 e 18 157 mortos."

30 DE OUTUBRO

DGS, 30 de outubro, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: Diário de Notícias [14h20] | 911 novos casos de infeção. "Portugal registou mais 911 casos e três mortes por COVID-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste sábado, 30 de outubro.

São mais casos do que os registados na sexta-feira, quando foram contabilizadas 844 novas infeções, e mais do que os 883 registados no boletim de há uma semana (23 de outubro). Quanto às mortes, é menos uma do que na véspera.

Nos hospitais portugueses, o número de internamentos desceu este sábado para os 318 (menos 13 do que o reportado na sexta-feira). Nas unidades de cuidados intensivos estão agora 64 doentes (menos um).

No boletim deste sábado há mais 996 recuperados (1 040 280 no total), com o número de casos ativos a cair 88 para os 31 452.

Desde o início da pandemia, já foram registados 1 089 888 casos de covid-19 em Portugal e 18 156 mortes.

Os três óbitos do boletim deste sábado, todos referentes a doentes com mais de 80 anos, foram registados na região Centro (dois) e de Lisboa e Vale do Tejo (um).

Em relação aos casos novos, 369 foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo, 233 no Norte, 191 no Centro, 50 no Algarve, 33 no Alentejo, 22 na Madeira e 13 nos Açores.

Neste sábado o boletim da DGS contabiliza 22 239 contactos em vigilância, mais 71 do que na véspera."

29 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h23] | Subida nos internamentos e 844 novos casos. "Há mais 844 pessoas infetadas com Covid-19 em Portugal e quatro (todas acima dos 80 anos) morreram com a doença, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde nesta sexta-feira.

Seguindo a tendência dos últimos dias, o número de internamentos volta a subir: há mais 13 internados, cinco dos quais nas unidades de cuidados intensivos. Nesta altura, estão 331 pessoas hospitalizadas em Portugal com Covid-19, 65 das quais em UCI.

Olhando para as regiões, Lisboa e Vale do Tejo lidera o aumento de casos, com mais 332, e de número de óbitos (três). Segue-se o Norte do país, com mais 239 casos e uma morte associada à doença. A região Centro também mantém os três dígitos de aumento, com 156 casos.

No Algarve, foram registados 45 novos doentes, seguindo-se a região dos Açores (mais 27), do Alentejo (26) e a Madeira (19).

Nesta sexta-feira, o boletim da DGS dá ainda nota de mais 755 pessoas recuperadas e 238 sob vigilância. O número de casos ativos subiu em 85, para um total de 31 540.

Quanto à matriz de risco, o risco de transmissão (R) mantém-se em 1,08 e a incidência aumentou ligeiramente, situando-se nos 97,4 casos de infeção por 100 mil habitantes ao nível nacional e nos 97,6 no Continente."

28 DE OUTUBRORelatório Covid-19

PORTUGAL: SIC Notícias [15h30] | 888 novos casos de infeção. "Portugal contabiliza nesta quinta-feira mais cinco mortes e 888 novos casos de COVID-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18 149 mortes e 1 088 133 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 31 455 casos, mais 212 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 318 doentes, mais dois do que na quarta-feira. Nos cuidados intensivos estão 60 doentes, menos um. Os dados indicam ainda que mais 671 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1 038 529 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020. As autoridades de saúde têm sob vigilância 21 930 contactos, mais 350 relativamente a ontem."

27 DE OUTUBRO

DGS relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: RTP [14h22] | 829 novos casos de infeção. "Portugal regista nesta segunda-feira 829 novos casos de COVID-19 e ainda três óbitos provocados pela doença. O boletim de hoje revela também uma ligeira subida nos internamentos.

Mais 11 pessoas estão internadas desde as últimas 24 horas, das quais três estão em cuidados intensivos. Assim, há nesta altura 301 doentes internados por COVID-19, entre eles 62 em unidade de cuidados intensivos. Há ainda registo de 1284 casos recuperados, num total de 1 037 261 pessoas recuperadas da doença em Portugal.

Desde o início da pandemia houve registo de 1 086 280 casos e 18 141 óbitos. Nas últimas 24 horas, ocorreram três mortes e foram registados 829 novos casos.

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde, dois destes óbitos ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo e um outro na região Norte. Quanto ao número de casos, a região de Lisboa e Vale do Tejo contabilizou mais 283 novos casos, a região Centro teve mais 218 casos e a região Norte mais 216 casos confirmados.

Seguem-se com muito menor número de casos o Algarve, com 48 novas infeções, e o Alentejo com mais 39 casos. Nas regiões autónomas, os Açores tiveram 15 novos casos e a Madeira mais dez infeções confirmadas."

26 DE OUTUBRO

Boletim Covid-19

PORTUGAL: SIC Notícias [14h06] | 829 novos casos de infeção. "Portugal contabiliza esta terça-feira mais três mortes e 829 novos casos de COVID-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18 141 mortes e 1 086 280 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando ativos 30 878 casos, menos 458 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 301 doentes, mais 11 do que ontem. Nos cuidados intensivos estão 62 doentes, mais três face ao dia anterior. Os dados indicam ainda que mais 1284 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1 037 261 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020. As autoridades de saúde têm sob vigilância 21 469 contactos, mais 345 relativamente a ontem."

25 DE OUTUBRO

Boletim

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h07] | R sobe em dia com mais cinco mortos, 313 infetados e mais internados. "A Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, nas últimas 24 horas, há mais cinco mortos e 313 infetados com Covid-19. O documento revela ainda nova subida do valor do R (t) para 1, 06, quer a nível nacional, quer no continente. A incidência também aumentou para 92,4 casos por 100 mil habitantes, a nível nacional, e 92,8 no continente.

O número de internados também subiu. Há, agora, 290 pessoas internadas nos hospitais com Covid-19, mais 21 do que ontem, das quais 59 em cuidados intensivos (mais sete). Trata-se do maior aumento de internados desde o dia 11 de outubro, que nesse dia registou um aumento de 22 internados. Em relação aos internados em cuidados intensivos, é também o maior aumento desde 25 de agosto.

As cinco vítimas mortais têm todas mais de 80 anos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo é a que zona com maior número de novas infeções, com mais 118, seguida do Norte com 90 e o Centro com 46. O Algarve soma mais 24 novas infeções e o Alentejo quatro. Nas regiões autónomas, a Madeira soma mais 20 infeções e os Açores mais 11.

No total, Portugal conta com 31 336 casos ativos da doença.

Desde o início da pandemia, Portugal regista 1 085 451 casos da doença, das quais 18 138 morreram e 1 035 977 conseguiram recuperar."

24 DE OUTUBRO

DGS, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: RTP [14h53] | 883 novos casos de infeção. "Portugal registou mais quatro mortes e 883 casos de COVID-19 nas últimas 24 horas. Houve ainda 729 doentes recuperados.

Destaque ainda para a descida nos internamentos, em enfermaria e nos cuidados intensivos: há menos dez pessoas internadas em enfermaria e menos cinco internados em UCI.

Há, nesta altura, 274 pessoas internadas, 55 das quais em cuidados intensivos.

No total, Portugal registou 18 129 óbitos e 1 084 534 casos confirmados desde o início da pandemia.

Dois dos óbitos das últimas 24 horas ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo e os outros dois na região Norte.

Os 883 novos casos confirmados aumentam o total desde o início da pandemia para 1 084 534 pessoas infetadas, sendo que nas últimas 24 horas recuperaram da doença mais 729 pessoas, aumentando o total para 1 035 450 recuperados.

Há hoje mais 150 casos ativos, num total de 30 955 casos, e mais 146 contactos em vigilância, num universo de 21 077.

Todas as regiões do país, incluindo as regiões autónomas, registam novos casos nas últimas 24 horas, mas a maioria concentra-se nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo (+329), Norte (+238) e Centro (+187)."

23 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h04] | Menos internamentos em dia com mais 883 casos e 4 mortes. "Portugal regista, neste sábado, mais 883 casos de Covid-19 e quatro mortes associadas à doença, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Nas últimas 24 horas, o número de internamentos desceu, havendo agora menos 10 pessoas hospitalizadas, num total de 274, 55 das quais em unidades de cuidados intensivos (menos cinco do que na sexta-feira).

No que diz respeito aos óbitos, ocorreram na região Norte e na de Lisboa e Vale do Tejo (LVT): dois em cada região. Duas das mortes ocorreram em pessoas com mais de 80 anos. As restantes, ocorreram nas faixas etárias 60-69 e 70-79 anos.

Quanto às novas infeções, o maior aumento ocorreu na faixa etária dos 20-29 anos e na região de Lisboa e Vale do Tejo: mais 329 casos. Segue-se a região Norte (238) e o Centro do país (mais 187).

As restantes regiões registaram aumentos na casa dos dois dígitos: mais 51 casos no Alentejo, mais 41 no Algarve, mais 21 nos Açores e mais 16 na Madeira.

O boletim deste sábado dá ainda conta de mais 729 pessoas recuperadas da doença causada pelo novo coronavírus e um aumento no número de casos ativos de 150. No total, existem agora 30 955 infetadas com SARS-CoV-2 em Portugal."

22 DE OUTUBRO

DGS, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: SIC Notícias [14h46] | 930 novos casos de infeção. "Portugal contabiliza nesta sexta-feira mais 8 mortes e 930 novos casos de COVID-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18 125 mortes e 1 083 651 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 30 805 casos, mais 244 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 284 doentes, menos 4 do que na quinta-feira. Nos cuidados intensivos estão 60 doentes, mais 2.

Os dados indicam ainda que mais 678 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1 034 721 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 20 931 contactos, mais 354 relativamente a ontem."

21 DE OUTUBRO

COVID-19, relatório de situação

PORTUGAL: RTP [15h40] | 865 novos casos de infeção. "Nas últimas 24 horas, Portugal reportou mais oito mortes e 865 casos de infeção por COVID-19.

Estão hoje internados 288 doentes em enfermaria (mais dois do que no dia anterior) e 58 em unidades de cuidados intensivos.

O boletim reporta ainda mais 664 recuperados, para um total de 1 034 043.

Do total de novos casos, 334 foram registados em Lisboa e Vale do Tejo, 224 na região norte, 152 no centro, 65 no Algarve e 35 no Alentejo. Foram ainda confirmadas mais 33 infeções nos Açores e 22 na Madeira.

Relativamente aos óbitos, estes foram registados no norte (um), centro (três), Lisboa e Vale do Tejo (dois), Alentejo (um) e Algarve (um). Cinco das vítimas mortais tinham mais de 80 anos, uma entre os 70 e os 79 e duas entre os 60 e os 69 anos.

Há ainda a reportar mais 193 casos ativos e menos 124 contactos em vigilância.

Desde que foi identificado o primeiro caso de COVID-19 em Portugal, já foram confirmadas 1 082 721 infeções e 18 117 mortes."

20 DE OUTUBRO

Relatório Covid-19

PORTUGAL: Diário de Notícias [17h01] | "Foram registados, em 24 horas, 927 novos casos de COVID-19 em Portugal, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Relatório desta quarta-feira (20 de outubro) dá conta de mais três mortes associadas à infeção por SARS-CoV-2.

Há agora 286 internados (menos 13 do que na véspera), dos quais 58 estão em unidades de cuidados intensos (menos dois).

No que concerne a regiões, Lisboa e Vale do Tejo contabilizou 356 novas infeções, sendo que o Norte contabilizou 249 novos casos e um óbito.

As outras vítimas mortais foram registadas no Centro, que teve ainda 212 novos casos de COVID-19, e no Alentejo, onde se registaram 40 infeções. O Algarve somou 41 casos, os Açores 16 e a Madeira 13.

Portugal contabiliza 30 368 casos ativos da doença (mais 347 que na véspera), indica ainda o boletim da DGS.

Em dia de atualização dos valores da matriz de risco, a incidência a 14 dias aumentou ligeiramente, passando de 84,3 para 84,4 casos de COVID-19 por 100 mil habitantes em todo o território nacional e de 84,7 para 84,8 no continente.

O R(t) permanece acima de 1, tendo subido de 1,01 para 1,02 a nível nacional, valor igual ao do continente, que mantém o índice de transmissibilidade da atualização anterior.

Isto numa altura em que Portugal tem mais de 8,8 milhões de pessoas com a vacinação completa contra a COVID-19. Número equivale a 85% da população portuguesa, uma percentagem que não sofreu alterações na última semana, indicou na terça-feira a DGS.

Segundo o relatório de vacinação, com pelo menos uma dose estão agora quase nove milhões de pessoas, o equivalente a 87% da população, valor percentual que também se manteve inalterado na última semana."

19 DE OUTUBRO

DGS, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: RTP [14h50] | 832 novos casos de infeção. "Nas últimas 24 horas, Portugal reportou mais 832 infeções por COVID-19 e seis mortes associadas à doença.

Os internamentos diminuíram. Há menos 13 doentes em enfermaria (299 no total) e menos dois nos cuidados intensivos (60 no total).

Do total de novos casos, 317 foram registados em Lisboa e Vale do Tejo, 251 na região norte, 169 no centro, 41 no Algarve e 32 no Alentejo. Foram ainda confirmadas mais 14 infeções na Madeira e oito nos Açores.

Dos seis óbitos, três foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo, dois no Norte e um na região Centro.

O boletim reporta ainda mais 1010 recuperações, para um total de 1 032 802. Há menos 184 casos ativos e menos 499 contactos em vigilância.

Desde que foi identificado o primeiro caso de COVID-19 em Portugal, já foram confirmadas 18 106 mortes e 1 080 929 infeções."

18 DE OUTUBRO

Boletim

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h07] | R continua a subir em dia com mais três mortos e 291 infetados.  "Nas últimas 24 horas Portugal registou mais três mortos e 291 infetados com Covid-19. Segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde, o valor do R(t) voltou a aumentar, estando agora a 1,01 a nível nacional. Na passada sexta-feira, este valor estava no 1.

As três vítimas mortais tinham todas mais de 80 anos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo é a zona do país com mais casos (102), seguido do Norte com 93, o Centro 31, o Alentejo 22 e o Algarve com 16. Já nas regiões autónomas, os Açores têm 22 novos casos e a Madeira cinco.

A faixa entre os 20 e 29 é a que regista um maior aumento, com 52 casos, seguida da faixa entre os 40 e os 49 anos, com 49 novos casos e a faixa entre os 30 e os 39 anos com 48 casos.

Desde o início da pandemia, Portugal registou 1 080 097 casos da doença, dos quais 18 100 pessoas morreram e 1 031 792 conseguiram recuperar."

17 DE OUTUBRO

Boletim

PORTUGAL: RTP [14h03] | Mais nove mortes e 465 casos confirmados. "Nas últimas 24 horas, Portugal reportou mais 465 infeções por Covid-19 e nove mortes associadas à doença.

Os internamentos subiram. Há mais dez doentes em enfermaria (295 no total) e mais dois nos cuidados intensivos (61 no total).

Do total de novos casos, 166 foram registados em Lisboa e Vale do Tejo, 114 na região norte, 94 no centro, 41 no Algarve e 26 no Alentejo. Foram ainda confirmadas mais 17 infeções nos Açores e sete na Madeira.

Os óbitos foram reportados na região norte (um), centro (um), Lisboa e Vale do Tejo (três), Alentejo (três) e Algarve (um).

O boletim reporta ainda mais 258 recuperações, para um total de 1 031 400. Há ainda mais 198 casos ativos e menos 234 contactos em vigilância.

Desde que foi identificado o primeiro caso de Covid-19 em Portugal, já foram confirmadas 18 097 mortes e 1 079 806 infeções."

16 DE OUTUBRO

DGS, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: SIC Notícias [14h11] | 612 novos casos de infeção. "Portugal contabiliza neste sábado mais 10 mortes e 612 novos casos de COVID-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18 088 mortes e 1 079 341 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 30 111 casos, menos 101 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 285 doentes, menos 16 do que ontem. Nos cuidados intensivos estão 59 doentes, mais 4 que ontem.

Os dados indicam ainda que mais 703 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1 031 142 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 21 630 contactos, mais 204 relativamente ao dia anterior."

15 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h27] | Menos 20 internados, mas mais sete mortes e 766 casos. A incidência também está a crescer. "Portugal regista esta sexta-feira mais sete mortes e 766 novos casos de Covid-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O índice de transmissibilidade (Rt) é de 1 no conjunto do país e de 1 em Portugal continental.

Nos hospitais estão internadas menos 20 pessoas em comparação com o dia de ontem, num total de 301 pacientes em enfermarias e unidades de cuidados intensivos.

Olhando apenas para os cuidados intensivos, há agora 55 internados, menos um no espaço de 24 horas.

Portugal tem mais 135 casos ativos e 624 pessoas recuperaram da Covid-19.

Desde a chegada da pandemia a Portugal, em março do ano passado, estão confirmadas 18 078 mortes, um milhão e 78 mil casos e um milhão e 30 mil recuperados.

Numa análise por regiões, Lisboa e Vale do Tejo (LVT) regista esta sexta-feira mais dois mortes e 230 novos casos, seguido do Norte com 226 infeções.

A região Centro contabiliza 171 casos e três vítimas mortais nas últimas 24 horas, o Alentejo tem mais duas mortes e 37 casos e o Algarve mais 62 infeções.

Nas regiões autónomas, os Açores têm mais 28 casos e a Madeira mais 12.

A taxa de incidência nacional subiu é de 84,2 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes. No continente é de 84,4 casos."

14 DE OUTUBRO

DGS, 14 de outubro, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: RTP [15h07] | 777 novos casos de infeção. "Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 777 casos de COVID-19 e seis mortes associadas à doença.

Estão hoje internados 321 doentes em enfermaria (menos 14 do que no dia anterior) e 56 em unidades de cuidados intensivos (mais dois do que na véspera).

Do total de novos casos, 262 foram registados em Lisboa e Vale do Tejo, 179 na região centro, 178 no norte, 93 no Alentejo e 34 no Algarve. Foram ainda confirmadas mais 19 infeções nos Açores e 12 na Madeira.

Os óbitos foram registados na região centro (dois), Lisboa e Vale do Tejo (três) e no Alentejo (um). Quatro das vítimas mortais tinham mais de 80 anos e duas entre os 70 e os 79 anos.

Há ainda a reportar mais 728 recuperados da doença, para um total de 1 029 815. O boletim dá ainda conta de mais 43 casos ativos e menos 99 contactos em vigilância.

Desde que foi identificado o primeiro caso de COVID-19 em Portugal, já foram confirmadas 1 077 963 infeções e 18 071 mortes associadas à doença."

13 DE OUTUBRO

DGS relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h14] | 828 novos casos de infeção. "Portugal regista nesta quarta-feira mais nove mortes e 828 novos casos de COVID-19, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dois indicadores da matriz de risco aumentaram em relação ao balanço anterior.

O índice de transmissibilidade (Rt) nacional subiu de 0,95 para 0,97 e o no continente aumentou de 0,95 para 0,98.

A taxa de incidência nacional aumentou ligeiramente de 82,9 para 83,2 casos de COVID-19 por 100 mil habitantes. Em Portugal continental, também cresceu de 82,7 para 83,2 casos.

Nos hospitais há 335 internados no conjunto das enfermarias e unidades de cuidados intensivos (UCI). São menos dez pessoas hospitalizadas.

Em UCI há menos duas pessoas internadas, num total de 54.

Portugal tem 30 004 casos ativos, são mais 197 no espaço de um dia.

Recuperaram da doença 622 pessoas e há menos 831 contactos de vigilância.

Desde a chegada da pandemia a Portugal, em março do ano passado, estão confirmadas 18 065 mortes, um milhão e 77 mil casos e um milhão e 29 mil recuperados.

Numa análise por regiões, Lisboa e Vale do Tejo (LVT) regista nesta quarta-feira duas mortes e 310 novos casos de COVID-19.

O Norte tem mais uma morte e 236 infeções, o Centro um óbito e 167 casos, o Alentejo duas mortes e 50 casos e no Algarve dois óbitos e 60 infeções.

Nas regiões autónomas, os Açores registam esta quarta-feira uma morte e 10 casos."

12 DE OUTUBRO

DGS, 12 de outubro

PORTUGAL: RTP [16h05] | 719 novos casos de infeção. "O mais recente boletim epidemiológico reporta mais 719 infeções por COVID-19 e oito mortes associadas à doença.

Estão hoje internados em enfermaria 345 doentes (menos 11 do que no dia anterior) e 56 em unidades de cuidados intensivos (menos dois do que na véspera).

O boletim reporta ainda mais 1041 recuperações, aumentando o total para 1 028 465.

Do total de novos casos, 294 foram reportados em Lisboa e Vale do Tejo, 211 na região norte, 129 no centro, 34 no Alentejo e 22 no Algarve. Foram ainda confirmadas mais 17 infeções na Madeira e 12 nos Açores.

Os óbitos foram registados na região norte (um), centro (um), Lisboa e Vale do Tejo (dois) e no Alentejo (quatro).

Existem hoje menos 330 casos ativos e menos 793 contactos em vigilância.

Desde que foi identificado o primeiro caso de COVID-19 em Portugal, já foram confirmadas 1 076 358 infeções e 18 056 mortes associadas à doença."

11 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: Notícias ao Minuto [14h14] | Mais 327 casos de Covid-19 e sete mortes. Incidência recua, Rt sobe. "Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 327 novos casos e sete mortes relacionados com a Covid-19, indica o boletim epidemiológico da DGS divulgado esta segunda-feira.

Trata-se de um aumento de 0,03% nos contágios e de 0.04% no número de óbitos. Neste momento, Portugal tem 30 167 casos ativos da doença, mais 12 do que no domingo.

Já o número de recuperados subiu para 1 027 424, com a recuperação de mais 308 infetados nas últimas 24 horas.

O que também voltou a subir, esta segunda-feira, foram os internamentos. De ontem para hoje, mais 22 pessoas foram hospitalizadas nas enfermarias, o que dá um total de 356 internados, dos quais 58 nos Cuidados Intensivos, mais três do que ontem.

Apesar de a incidência ter baixado para 82,9 casos por 100 mil habitantes a nível nacional e para 82,7 no continente, o Rt voltou a subir localizando-se agora nos 0,95 tanto a nível nacional como do território continental." 

10 DE OUTUBRO

DGS relatório COVID-19

PORTUGAL: Diário de Notícias [14h25] | 499 novos casos de infeção. "Portugal registou nas últimas 24 horas mais 499 novos casos de infeção por SARS CoV-2 e mais sete mortes. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, deste domingo, dia 10, há 334 doentes com COVID-19 internados, mais 13 do que ontem, e o mesmo número de internados em unidades de cuidados intensivos, 55.

O país soma agora 1 075 312 infetados com o novo coronavírus e 18 041 óbitos, desde o início da pandemia. Neste boletim da DGS há a registar mais 171 casos ativos, havendo agora 30 155, e mais 87 contactos em vigilância do que no dia anterior, 23 518. O total de recuperados da doença é neste momento de 1 027 116.

Nas últimas 24 horas, há a registar óbitos em todas as Administrações Regionais de Saúde do continente, duas em Lisboa e Vale do Tejo, uma no Norte, uma no Centro, uma no Alentejo e uma no Algarve. Madeira e Açores não registam óbitos, apenas casos (72 e 43, respetivamente).

A incidência no país mantém-se nos 86,5 casos por 100 mil habitantes e o R (t) em 0,92."

9 DE OUTUBRO

DGS 9 de outubro, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: RTP [14h48] | 704 novos casos de infeção. "Portugal reporta mais sete óbitos e 704 casos de COVID-19, nas últimas 24 horas. Há menos 70 casos ativos, mais 767 recuperados e menos 220 contactos em vigilância.

A região Norte tem mais 235 casos, Lisboa e Vale do Tejo mais 230, no Centro do país contam-se mais 112 infeções, no Alentejo mais 59 e no Algarve mais 44. Nos Açores há mais 13 casos de COVID-19 e na Madeira 11.

Embora os internamentos estejam a diminuir, há mais três doentes em cuidados intensivos."

8 DE OUTUBRO

DGS, 8 de outubro, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: SIC Notícias [15h41] | 841 novos casos. "Portugal contabiliza nesta sexta-feira mais 8 mortes e 841 novos casos de COVID-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18 027 mortes e 1 074 109 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 30 054 casos, mais 136 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 332 doentes, menos 21 do que ontem. Nos cuidados intensivos estão 52 doentes, menos 5.

Os dados indicam ainda que mais 697 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1 026 028 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 23 651 contactos, menos 503 relativamente ao dia anterior.

Segundo o boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge divulgado nesta sexta-feira, a taxa de incidência (média de novos casos por 100 000 habitantes nos últimos 14 dias) nacional está nos 86,5 casos.

Em Portugal continental, a taxa de incidência encontra-se nos 86,7 casos.

O Rt (que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa portadora do vírus) é de 0,92 a nível nacional e de 0,91 em Portugal continental.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias (indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia) são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira."

7 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: RTP [15h11] Mais 11 óbitos e 731 casos de Covid-19. "Há mais 11 vítimas mortais e 731 casos de Covid-19 em Portugal, esta quinta-feira. O boletim diário indica que há menos 140 casos ativos, mais 860 recuperados e menos 1 064 contactos em vigilância.

Na região Norte há mais 254 casos, no Centro 133, em Lisboa e Vale do Tejo 189, no Alentejo 114 e no Algarve 28. Na Madeira registaram-se mais dez casos e nos Açores mais três.

Os internamentos voltam a subir: mais quatro doentes em enfermaria. Contudo, há menos três nos cuidados intensivos."

6 DE OUTUBRO

DGS 6 de outubro, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: RTP [14h04] | 500 novos casos de infeção. "Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 500 casos de infeção por COVID-19, elevando o total acumulado no país para 1 072 537.

Contam-se ainda mais quatro vítimas mortais, num total de 18 008.

Do total de novos casos no último dia, 183 foram registados no Norte do país, 42 no Centro, 158 em Lisboa e Vale do Tejo, 49 no Alentejo, 46 no Algarve, 12 nos Açores e 10 na Madeira.

Segundo o mais recente boletim da DGS, deram-se nas últimas 24 horas 322 recuperações, aumentando para 1 024 471 o número de recuperados da COVID-19 desde que a pandemia chegou a Portugal.

O boletim das autoridades de saúde portuguesas revela que há hoje mais três pacientes hospitalizados, num total de 349.

Desses, 60 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (menos dois do que na véspera)."

5 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: RTP [14h17] | 730 novos casos e quatro mortes em 24 horas. "Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 730 casos de infeção por Covid-19, elevando o total acumulado no país para 1 072 037.

Contam-se ainda mais quatro vítimas mortais, num total de 18 004.

Do total de novos casos no último dia, 272 foram registados no Norte do país, 126 no Centro, 185 em Lisboa e Vale do Tejo, 60 no Alentejo, 53 no Algarve, 22 nos Açores e 12 na Madeira.

O boletim das autoridades de saúde portuguesas revela que há hoje menos cinco pacientes hospitalizados, num total de 346.

Desses, 62 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (menos seis do que na véspera).

Segundo o mais recente boletim da DGS, deram-se nas últimas 24 horas 1 064 recuperações, aumentando para 1 024 149 o número de recuperados da Covid-19 desde que a pandemia chegou a Portugal."

4 DE OUTUBRO

DGS, relatório de situação 4 de outubro, COVID-19

PORTUGAL: Rádio Renascença [14h47] | Número diário de casos mais baixo desde 10 de maio. "Portugal chegou nesta segunda-feira às 18 mil mortes por COVID-19 desde o início da pandemia, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Nas últimas 24 horas foram registados mais sete óbitos e 193 novos casos de Covid-19.

Este é o número de casos diário mais baixo desde 10 de maio, quando ocorreram 158 infeções.

Em relação aos indicadores da matriz de risco, a taxa de incidência desce e o índice de transmissibilidade (Rt) sobe.

A incidência nacional desceu de 101,7 para 94,3 casos de COVID-19 por 100 mil habitantes. No continente, caiu de 103 para 95,1.

O Rt nacional aumentou de 0,89 para 0,91 e em Portugal Continental passou de 0,89 para 0,90.

O número de internados no conjunto de enfermarias e unidades de cuidados intensivos (UCI) aumentou para 351, são mais nove pessoas hospitalizadas com COVID-19.

Em UCI há menos um doente internado, num total de 68 pacientes mais graves.

Portugal tem 30 222 casos ativos da doença, menos 145 casos em relação ao boletim de domingo.

Recuperaram da doença no último dia um total de 331 pessoas.

Desde a chegada da pandemia a Portugal, em março do ano passado, estão confirmadas 18 mil mortes, um milhão e 71 mil casos e um milhão e 23 mil recuperados."

3 DE OUTUBRO

DGS, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: Diário Notícias [14h07] | 449 novos casos de infeção. "Portugal contabiliza neste domingo mais 449 novos casos de COVID-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS) há a registar sete mortes nas últimas 24 horas.

Nos hospitais portugueses há agora 342 internados (mais cinco que no dia anterior), dos quais 69 estão em unidades de cuidados intensivos (um aumento de quatro).

No total há 30 367 casos ativos de COVID-19 em Portugal, mais 110 que os contabilizados no sábado. Recuperaram da doença 332 pessoas.

Lisboa e Vale do Tejo é a região do país com mais novos casos (181), seguida pelo norte (135) e centro (62). No Alentejo foram contabilizados 21 novos casos e no Algarve 19.

Quanto às regiões autónomas, os Açores têm 16 novos casos e a Madeira 15.

Já no que se refere aos óbitos, três foram na Grande Lisboa, dois a Norte, um no Centro e um no Algarve.

Portugal conta, nesta altura, um total de 1 071 114 casos de COVID-19, doença em resultado da qual morreram 17 993 pessoas."

2 DE OUTUBRO

Boletim DGS

PORTUGAL: RTP [14h10] | Sete mortes e 690 novos casos nas últimas 24 horas. "O relatório da situação epidemiológica em Portugal dá conta da morte de sete pessoas, três no Alentejo, duas na região Centro, uma na região da Grande Lisboa e uma no Algarve.

O boletim da Direção-Geral da Saúde dá conta ainda de 690 novos casos confirmados. Ao todo, foi diagnosticado Covid-19 em 1 070 665 pessoas. Nas últimas 24 horas, foi registada a recuperação de 927 pessoas e uma redução do número de 244 casos ativos, para um total de 30 257 casos. 

Estão internadas menos 27 pessoas do que ontem, num total de 337 pessoas. Duas pessoas saíram da unidade de cuidados intensivos, encontrando-se aqui internadas 65 pessoas.

No último dia, foram postas sob vigilância 85 pessoas."

1 DE OUTUBRO

DGS 1 de outubro, relatório de situação COVID-19

PORTUGAL: SIC Notícias [17h34] | 696 novos casos de infeção. "Portugal contabiliza nesta sexta-feira mais quatro mortes e 696 novos casos de COVID-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17 979 mortes e 1 069 975 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 30 501 casos, menos 110 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 357 doentes, menos nove do que ontem.

Nos cuidados intensivos estão 67 doentes, mais um do que no dia anterior.

Os dados indicam ainda que mais 802 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1 021 495 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 27 400 contactos, mais 47 relativamente ao dia anterior."

Ver números de setembro AQUI.

Ver números de agosto AQUI.

Ver números de julho AQUI.

Ver números de junho AQUI.

Ver mais informação COVID-19 AQUI.

Fotos: Arquivo
Última atualização: 31 de outubro de 2021

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar