Competição

04 julho 2022, 18h06

Futebol feminino sagrou-se Campeão Nacional pela segunda temporada consecutiva

A equipa feminina de andebol voltou a ser Campeã Nacional passados 29 anos

Para o basquetebol feminino, a época começou com a conquista da Supertaça

Pentacampeã nacional (histórico!), a equipa feminina de futsal venceu a Supertaça pela quinta vez consecutiva

A época da equipa feminina de hóquei em patins fechou com o 8.º triunfo consecutivo na Taça de Portugal

Além de celebrar o Tricampeonato, a equipa de polo aquático ergueu ainda a Supertaça

O Sport Lisboa e Benfica atravessa o período de maior fulgor da sua história na vertente feminina do desporto. A elevadíssima competitividade das várias equipas, proporcionando diversos títulos ao Clube, e o contributo indelével para a promoção do ecletismo, também protagonizado por mulheres, são exemplares.

Que grande temporada das equipas femininas do Benfica! Seis Campeonatos Nacionais conquistados e vários troféus são o pecúlio benfiquista em 2021/22, a melhor época de sempre no feminino.

Nunca as mulheres venceram tanto pelo Benfica, facto a que não é alheia a aposta pujante, nunca antes verificada com a presente abrangência, do Clube na promoção do desporto independentemente do género. O Sport Lisboa e Benfica apresenta equipas ao mais alto nível de andebol, atletismo, basquetebol, futsal, futebol, hóquei em patins, râguebi, polo aquático e voleibol, além de muitas atletas inseridas no projeto olímpico, tendo alcançado, globalmente, um tremendo sucesso.

E tal faz-se notar na notoriedade granjeada pelas modalidades no feminino. A presença benfiquista, com ímpeto redobrado, tem influenciado decisivamente a atenção que os meios de comunicação social têm prestado à presença das mulheres nos palcos desportivos. O Presidente do Clube, Rui Costa, tem sido presença assídua nos momentos decisivos. E o público começa a aderir cada vez mais, sendo exemplos ímpares o recorde de assistência num jogo oficial de futebol feminino ou o pavilhão cheio num jogo da final do campeonato de futsal, entre outros. É a vasta grandeza do Benfica ao serviço do desporto português!

Festejos Futebol feminino

BICAMPEÃS DE FUTEBOL

14 221 espectadores marcaram presença no Estádio da Luz para ver o Benfica sagrar-se Campeão Nacional pela segunda época consecutiva, um recorde aumentado em cerca de 1400 adeptos. Nessa tarde de 8 de maio, o Benfica venceu o Sporting, por 3-1, assegurando o título com ainda duas jornadas por disputar na fase de apuramento do campeão.

Na fase derradeira da prova, as Inspiradoras cederam apenas um empate na penúltima jornada, já campeãs. Nas restantes somaram somente vitórias, com um registo de golos de 36-4 nos 14 jogos realizados. O Benfica já havia ganho a Série Sul do Campeonato, com seis vitórias e uma derrota.

A temporada ficou também marcada pela excelente prestação na Liga dos Campeões. Pela primeira vez, um clube português competiu entre os 16 melhores europeus, alcançando o terceiro lugar no grupo D, fruto de uma vitória (Hacken) e um empate (Bayern). Frente ao Lyon, que viria a vencer a prova, duas derrotas. Para chegar a esta fase da competição, o Benfica eliminou o Twente, o Racing e o Kiryat Gat.

Nas outras provas nacionais, a época não correu de feição. Derrota na final da Taça da Liga, na Supertaça e nos oitavos de final da Taça de Portugal.

Andebol feminino Benfica

DOBRADINHA NO ANDEBOL

Quatro anos após o regresso benfiquista à modalidade, o sucesso retumbante concretizou-se. O Benfica voltou a ser Campeão Nacional passados 29 anos e vencedor da Taça de Portugal volvidas três décadas.

A dobradinha premiou aquela que foi, incontestavelmente, a melhor equipa portuguesa ao longo da temporada. No Campeonato Nacional, 25 vitórias e um empate nas 26 jornadas. Na Taça de Portugal, um percurso triunfal nos cinco jogos disputados.

Benfica-Uniao Sportiva

PLENO NO BASQUETEBOL

Na época anterior, o Benfica vencera, pela primeira vez no seu historial, o Campeonato de basquetebol. Conseguira igualmente conquista inédita na Taça de Portugal, o que elevou sobremaneira as expectativas para 2021/22.

Com ambição renovada, a nossa equipa lançou-se para a nova temporada com o objetivo de vencer todas as provas, perfazendo-o na perfeição.

Começou por ganhar a Supertaça, a primeira do palmarés, prosseguiu no cumprimento dos seus intentos na Taça Federação, renovou a posição cimeira do pódio na Taça de Portugal e revalidou o título nacional. Em toda a temporada perdeu apenas dois dos 38 jogos efetuados. Brilhante!

Futsal

PENTACAMPEÃS DE FUTSAL

Nunca um clube português havia ganho cinco Campeonatos Nacionais consecutivos. O recorde anterior pertencia também ao Benfica, com um Tetra, era a principal competição ainda a Taça Nacional.

As alterações no plantel causaram alguma apreensão entre os adeptos, mas os objetivos da equipa permaneceram inalterados: ganhar todas as competições. O Benfica venceu a Supertaça pela quinta vez consecutiva, não foi feliz nas finais da Taça da Liga e da Taça de Portugal (desempate por penáltis) e alcançou o histórico Penta.

Hóquei feminino Benfica

ENEACAMPEÃS DE HÓQUEI EM PATINS

Está igualado o feito das Marias, no voleibol, há quase meio século. O Benfica é Campeão Nacional de hóquei em patins (feminino) pela nona vez consecutiva, o recorde benfiquista nas modalidades de pavilhão.

A primeira conquista da época foi na Supertaça, a oitava do palmarés encarnado. Na Liga Europeia, o Benfica mais uma vez marcou presença na final four, mas foi derrotado, nas meias-finais, pelo Palau i Plegamans, que venceria a competição. E, no Campeonato, percurso invicto e novo título nacional.

A temporada fechou com o oitavo triunfo consecutivo da Taça de Portugal, com a vitória na final, por 3-1, ante o Sporting, perfazendo o ambicionado Triplete.

Benfica

EVOLUÇÃO INSUFICIENTE

O voleibol foi, na vertente feminina, a única das modalidades de pavilhão em que o Benfica não se sagrou campeão nacional na presente temporada. No entanto, assinala-se a evolução relativamente à época anterior, em que começou por disputar, com sucesso, a liguilha de acesso à Primeira Divisão.

O Benfica terminou a temporada no quarto lugar, o mesmo da época anterior, e foi eliminado da Taça de Portugal nos quartos de final. Mas se em 2020/21 havia terminado a fase regular no quarto posto, nesta época concluiu a segunda fase na segunda posição. As lesões no período crucial da temporada foram determinantes para o desfecho aquém das expectativas.

Polo Aquático

TRICAMPEÃS DE POLO AQUÁTICO

O Benfica tem vindo a dominar o polo aquático feminino nas últimas temporadas, tendo alcançado o Tricampeonato Nacional em 2021/22. Além deste título, venceu ainda a Supertaça, não conseguindo repetir, no entanto, o triunfo da Taça de Portugal, na qual foi eliminado nas meias-finais.

No râguebi, o Benfica classificou-se em quarto lugar na variante de 15 e em terceiro lugar na variante sevens. Na Taça de Portugal soçobrou nas meias-finais.

Texto: João Tomaz
Fotos: Arquivo / SL Benfica
Última atualização: 4 de julho de 2022

Patrocinadores Futebol Feminino


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar