Andebol Feminino

03 junho 2022, 12h16

Treino da equipa feminina de andebol

Conquistado o Campeonato Nacional – só com vitórias e um empate –, a equipa feminina de andebol do Benfica vira agulhas para a final four da Taça de Portugal, a ter lugar neste fim de semana, no Pavilhão Municipal de Santo Tirso. O Alavarium é o adversário da meia-final, opositor já escalpelizado pelo treinador João Alexandre Florêncio e pela universal ucraniana Viktoriya Borshchenko.

Para o técnico encarnado, João Alexandre Florêncio, não há dúvidas: o Benfica quer "marcar um ciclo no andebol português", juntando o Campeonato à prova-rainha. E assumiu que "a equipa está em crescendo de forma".

"As expectativas, num clube como o Benfica, são sempre as mesmas: ganhar. Queremos marcar um ciclo no andebol português. Ganhámos o Campeonato Nacional, que era o nosso grande objetivo, mas a Taça de Portugal é a meta seguinte. Estamos a preparar este jogo há algum tempo. A equipa está em crescendo de forma, esperamos um bom jogo, o Alavarium é uma equipa muito competente, com 10 jogadoras internacionais. A época não lhes correu de feição, mas sabemos que têm muito valor e temos de estar bem para as derrotar", analisou, à BTV, ao abordar o duelo da semifinal marcado para as 15h00 de sábado, 4 de junho.

Treino do andebol feminino

A temporada da equipa feminina de andebol foi em crescendo e houve momentos que foram fundamentais "para sentir confiança", nomeadamente os triunfos com o Alavarium no Campeonato Nacional.

"Temos uma equipa muito jovem que precisa de vitórias e dos adeptos para sentir confiança. Foi isso que aconteceu ao longo da época e esse foi o primeiro momento [primeira vitória ante o Alavarium] em que a equipa sentiu que poderia chegar ao objetivo. Depois, teve excelentes prestações, incluindo a vitória na Madeira e no reduto do Alavarium. Neste momento, estamos uma equipa mais confiante e estruturada", reconheceu.

Mesmo tendo o favoritismo do seu lado, o treinador das águias rejeita pensar já na final, agendada para as 16h00 de domingo, 5 de junho. O foco está no duelo das meias-finais.

"Só pensamos no Alavarium e depois logo se vê. Um jogo de cada vez. Estamos focados no jogo de sábado", apontou João Alexandre Florêncio.

Treino do andebol feminino

Viktoriya Borshchenko, universal do andebol feminino do Benfica, também anteviu o jogo com o Alavarium e recordou as dificuldades sentidas em jogos anteriores com este opositor.

"É uma boa equipa. Quando jogámos com elas foi duro, apesar da nossa vitória. Estamo-nos a preparar há três semanas para esta final four e penso que estamos prontas. Sabemos como temos de jogar e o que temos de fazer na quadra", assumiu.

A camisola 7 chegou no decorrer da época, mas ainda foi a tempo de festejar conquistas. Numa análise aos primeiros tempos de águia ao peito revelou estar "agradecida".

"Estou muito feliz por estar no Benfica, por fazer parte deste grupo. Estou agradecida a esta família e estou muito feliz por ter vencido um título tão importante como o Campeonato Nacional. Significa muito para mim", observou.

Numa temporada praticamente perfeita, o plantel só pensa em fechar com chave de ouro. "Para nós, é muito importante [vencer a Taça de Portugal], porque é o fim da temporada e queremos fechá-la em boa forma", sublinhou Viktoriya Borshchenko.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Cátia Luís / SL Benfica
Última atualização: 3 de junho de 2022

Patrocinadores Andebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar