Futebol feminino

10 janeiro 2022, 17h04

Pauleta

ENTREVISTA À BTV

Pauleta completou 100 jogos pela equipa feminina de futebol do Sport Lisboa e Benfica. A marca redonda foi alcançada neste domingo (9 de janeiro), diante do Atlético, na 2.ª eliminatória da Taça de Portugal, e "é, sobretudo, um orgulho", mas também "uma responsabilidade".

"É um sentimento de orgulho. Fazer 100 jogos por um clube como este é um orgulho e, ao mesmo tempo, uma responsabilidade. Por ser a primeira a atingir esta marca, tenho ainda mais peso, mas é, sobretudo, um orgulho, e venham muitos mais", referiu a camisola 21 nos estúdios da BTV.

Pauleta

Numa centena de partidas, Pauleta apontou 23 golos e conquistou seis títulos (1 Campeonato Nacional, 1 Taça de Portugal, 2 Taças da Liga, 1 Supertaça e 1 Campeonato Nacional da 2.ª Divisão). Na hora de escolher o melhor momento de águia ao peito, a média lembrou que "são muitos", mas enumerou dois.

"São muitos momentos, mas a meia-final que fomos ganhar a Braga no meu primeiro ano [no Benfica], depois de termos perdido aqui 1-2, foi um momento muito especial, porque demos a volta, fomos à final e ganhámos a primeira Taça de Portugal [frente ao Valadares Gaia]. Depois, a Supertaça que ganhámos com um golo meu [diante do SC Braga]. São os dois momentos mais marcantes", recordou.

Pauleta

Chegou à Luz no início de 2018/19, com 20 anos, proveniente do SC Braga. No Benfica cresceu muito como pessoa e como jogadora, e está muito agradecida por todo o apoio que sempre recebeu no Clube.

"O Benfica deu-me muita coisa. Quem está neste clube evolui muito. Cheguei quando o projeto começou e crescemos todos juntos. O Benfica deu-me tudo o que sou hoje, dentro e fora de campo. Mostrou-me o que é ser uma jogadora à Benfica, ter os valores do Benfica. Deu-me tudo e espero que assim continue", reconheceu a média.

"É continuar a provar que somos a melhor equipa em Portugal para crescermos e sermos grandes na Europa e na Liga dos Campeões"

Pauleta, jogadora da equipa feminina de futebol do Benfica

Não só de Seniores se faz a realidade do futebol feminino do Benfica. A aposta na Formação é clara e começa a dar frutos, com várias estreias de jovens no conjunto principal. Os últimos exemplos são Inês Simas (16 anos), Joana Silva (16 anos) e Maria Malta (18 anos).

"É bom para nós. Somos poucas as que estamos cá desde o início, mas somos algumas, e ver como o Benfica trabalha na Formação, vê-las nos Sub-19 e na equipa B, e vê-las chegar à equipa principal e ter lugar e importância é muito bom. Mostra que o Benfica está a fazer um bom trabalho na Formação e esperemos que surjam mais jogadoras. Temos várias jogadoras experientes, mas precisamos das jogadoras da Formação", considerou Pauleta.

Pauleta

Esta temporada marcou a primeira presença das águias numa fase de grupos na Liga dos Campeões, com o Benfica a alcançar a primeira vitória de um emblema luso nessa fase. O caminho é longo, mas ter "uma afirmação europeia" é um sonho.

"Todas nós, o Clube e a Direção sonhamos com uma afirmação europeia. Acho que é uma coisa boa para se sonhar, porque é algo grande. O Benfica está a fazer as coisas bem para o conseguir. É continuar a provar que somos a melhor equipa em Portugal para crescermos e sermos grandes na Europa e na Liga dos Campeões", sublinhou.

"Foi a nossa primeira fase de grupos na Champions. Foi bom. Tivemos algumas derrotas pesadas, mas faz parte do crescimento. Estamos a aprender como jogar nestes palcos e é algo bom para nós", acrescentou a 21.

"O Benfica está a fazer um bom trabalho na Formação e esperemos que surjam mais jogadoras"

Pauleta é natural de Vigo (Espanha), mas está em Portugal desde 2016. Representar a Seleção Nacional feminina é um sonho que gostaria de cumprir "com muito gosto".

"Ainda falta algum tempo para conseguir a dupla nacionalidade. Continuo focada em trabalhar no Benfica, a evoluir como jogadora. Ser tiver oportunidade, seria com muito gosto que representaria Portugal", assumiu.

Pauleta

Já se joga a 2.ª fase de apuramento de campeão da Liga BPI, a etapa decisiva da prova para decidir o Campeão Nacional. A espanhola alertou que o foco tem de ser total e que o pensamento tem de estar em conquistar os três pontos com o Torreense já na 3.ª ronda (o desafio da 2.ª jornada, frente ao Braga, foi adiado para dia 19 de janeiro).

"O campeonato a sério, digamos assim, começou agora. Não podemos falhar, temos de estar focadas para conseguir as vitórias. Ontem [domingo] estivemos assim, focadas nos 90 minutos, com o Atlético [na 2.ª eliminatória da Taça de Portugal]. Agora vamos pensar no Torreense. O jogo vai ser complicado, porque é sempre difícil jogar em casa do Torreense, mas vamos conseguir o melhor resultado e alcançar os três pontos", garantiu.

"O campeonato a sério, digamos assim, começou agora. Não podemos falhar, temos de estar focadas para conseguir as vitórias"

Os Benfiquistas têm estado sempre com a equipa feminina. A camisola 21 das encarnadas sabe-o, agradeceu e fez um pedido.

"Obrigada aos adeptos, porque estão connosco nos bons e nos maus momentos. Sentimos o apoio deles. Ao longo da época vamos ter bons e maus momentos, mas o importante é estarmos unidos, equipa, adeptos e Direção, para que consigamos ser felizes no fim da época", desejou Pauleta.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Victoria Ribeiro / SL Benfica
Última atualização: 10 de janeiro de 2022

Patrocinadores Futebol Feminino


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar