Pelas Casas do Benfica

24 dezembro 2021, 11h21

Aniversário Casa Benfica Vendas Novas

REPORTAGEM BTV

Vinte anos não são vinte dias de existência, e a Casa Benfica Vendas Novas assinalou o 20.º aniversário a 8 de dezembro, com um almoço comemorativo, ainda que condicionado pela pandemia, carregado de mística Benfiquista. Foram 40 as pessoas que no salão Eusébio da Silva Ferreira conviveram em mais um dia de festa, enaltecendo o que tem sido feito em prol da comunidade.

No programa "Pelas Casas do Benfica" da BTV, o presidente da embaixada n.º 140 do Clube deu conta dos momentos marcantes, exibiu com orgulho as terceiras instalações e apontou caminhos para o futuro, sempre com intuito de "beneficiar os sócios, adeptos e a comunidade".

António Estrela recordou igualmente o momento marcante vivido em 2017, quando a Casa ganhou o Galardão Cosme Damião para a Casa do Ano.

Casa Benfica Vendas Novas

"Aumentámos o número de sócios, sobretudo desde que temos as novas instalações, há seis anos. Duplicámos. Precisávamos de ter uma Casa digna para os Benfiquistas de Vendas Novas", referiu o presidente António Estrela. "O Galardão Cosme Damião foi reflexo da dedicação dos Sócios e diretores da Casa. Não podemos esquecer quem nos ajudou", reconheceu o líder.

António Estrela lembrou igualmente as dificuldades próprias "de quem começa do zero" para uma "grande aventura", sempre, como sublinhou, de "olhos postos no futuro". "Precisamos de remodelar a nossa cozinha, pois no salão Eusébio da Silva Ferreira servimos almoços, jantares, casamentos e batizados", acrescentou, deixando também um desejo. "Temos ideias para o regresso ao futsal. Já temos as danças de salão e aeróbica, assim como as danças orientais, que queremos expandir", disse.

Casa Benfica Vendas Novas

Luís Perdigão, vice-presidente, considerou que a "mobilização das pessoas" em tempo de pandemia é "o mais difícil", mas sente que o papel da Casa na comunidade tem crescido do "ponto de vista social e desportivo".

"Tivemos atividades com expressão nacional, como as danças de salão, em que estivemos na Taça de Portugal. Estivemos nos campeonatos regionais de basquetebol e futsal, chegámos mesmo a ser campeões regionais. Também tivemos uma escola de formação de futebol e aguardamos por um tempo melhor para introduzirmos uma modalidade", frisou.

Os Sócios João Eustáquio, de 89 anos, e Francisco Heleno, de 17 anos, que também é atleta da Casa em dança, são testemunhas das "boas almoçaradas, jantaradas e festas", que dão corpo às "boas recordações".

O "companheirismo fala sempre mais alto", ratificou João Eustáquio, enquanto o jovem Francisco sente-se "feliz e bem acolhido" numa Casa onde compete na dança e em que o lema é o que todos os Benfiquistas conhecem: "É sempre para ganhar!"

Casa Benfica Vendas Novas

Domingos Almeida Lima, vice-presidente do Benfica, esteve presente e destacou o "orgulho" pelo trabalho feito.

"As pessoas, com a pandemia, sentem algum receio em frequentar espaços públicos com maior número de pessoas, mesmo com todos os cuidados, mas o entusiasmo é sempre o mesmo, a dedicação às Casas é muito grande. Há muita gente a frequentar a Casa, com sócios muito dedicados. Estes 20 anos são um espaço de tempo suficiente para vermos o trabalho que tem sido feito. Os Benfiquistas de Vendas Novas têm feito um trabalho que nos enobrece e nos deixa muito satisfeitos", asseverou.

Casa Benfica Vendas Novas

Também o presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, Luís Dias, reconheceu o papel da embaixada 140 do Benfica na comunidade local.

"É um sentimento de profundo Benfiquismo que temos na nossa terra, um profundo orgulho e reconhecimento do trabalho que tem sido feito ao longo de 20 anos. A dinâmica da Casa do Benfica tem contribuído para o desenvolvimento do concelho de Vendas Novas nas áreas desportiva, cultural e recreativa", avaliou o autarca.

Entre os Benfiquistas que sopraram as velas estiveram igualmente António Veloso e José Luís, ex-jogadores do Clube que perduram na memória de muitos, sempre disponíveis para a "importância de estar junto dos adeptos".

"Já tinha saudades. É um gosto, pois 20 anos são um marco importante", considerou Veloso. Palavras corroboradas por José Luís. "As pessoas ficam contentes, gosto de vir às Casas, pois as pessoas são muito simpáticas. É uma honra e orgulho", rematou.

Texto: Rafaela Certã Alves e Rui Miguel Gomes
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 24 de dezembro de 2021

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar