Basquetebol

28 julho 2021, 14h01

José Barbosa

José Barbosa na visita ao Museu Benfica – Cosme Damião

José Barbosa em exames médicos

José Barbosa é reforço para a equipa de basquetebol do Sport Lisboa e Benfica, ele que nas últimas cinco temporadas representou a UD Oliveirense e agora abraça um projeto em que promete "compromisso" total e "trabalho com humildade" para levar o Glorioso às conquistas que ambiciona.

O base internacional português de 30 anos prefere centrar-se no desempenho e de que forma isso pode contribuir para a melhoria de um coletivo que pretende fortalecer.

"Seria muito fácil prometer vitórias, é disso que os clubes vivem, ainda mais o Benfica. Mas prometo o que consigo fazer, trabalhar, trabalhar diariamente, com humildade, não somos menos que ninguém nem mais que ninguém. Trabalhar com o compromisso pelo Clube, os resultados vão sair no final do dia. Tem sido assim ao longo da minha carreira e não me desvio um por cento desde o primeiro ao último dia. Posso prometer muito trabalho", disse, em declarações à BTV.

José Barbosa

Com um percurso enquanto profissional ao serviço de dois emblemas históricos no basquetebol nacional, a UD Oliveirense e a AD Ovarense, José Barbosa chega a um "clube grande", mas está ciente da exigência e dos objetivos que estão colocados na mira dos comandados de Norberto Alves, novo treinador do Benfica e que bem conhece.

"Nunca joguei num clube grande, mas joguei em dois grandes clubes, a UD Oliveirense e AD Ovarense, onde a exigência para ganhar é a mesma. Claro que já estou por dentro do que é essa pressão. No Benfica não será diferente, farei o máximo possível para que o Clube regresse aos títulos internamente. Será essa a minha abordagem, conheço a maior parte do plantel. Estou disposto a ajudar a equipa o mais rapidamente possível", enalteceu o base, que conta no seu currículo com dois Campeonatos Nacionais ganhos, duas Taças Hugo dos Santos e uma Supertaça, todos estes troféus ao serviço da UD Oliveirense.

José Barbosa e vice-presidente Fernando Tavares

Nos aspetos diferenciadores dos emblemas que representou e o Sport Lisboa e Benfica reside precisamente a massa humana que o acompanha, facto que tem vindo a gerar "ansiedade" positiva em José Barbosa, sobretudo com a perspetiva de regresso do público aos pavilhões.

"Estou muito ansioso! Esta pandemia veio tirar o que mais importante temos no desporto, o carinho e o amor que recebemos dos adeptos. Tanto em casa como fora há sempre muita gente a torcer pelo Benfica. Estou ansioso para isso acontecer, não é a mesma coisa jogar com ou sem público, ainda para mais tendo tantos adeptos a apoiar por todo o País e pelo mundo fora. Que ainda esta época tenhamos adeptos benfiquistas em todos os pavilhões ao longo do País", desejou, após ter conhecido mais a fundo a história centenária do seu novo emblema.

O Museu Benfica Cosme Damião mostrou-lhe parte da dimensão que o espera. "É sempre um prazer estar num clube desta dimensão, e de facto o Museu Benfica é prova disso, não só pelas épocas passadas como no presente. As impressões são as melhores, as que esperava, é um bom princípio para que tudo corra bem", ressaltou.

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 29 de julho de 2021

Patrocinadores Basquetebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar